Tratamentos

Cada caso é único.

Cada tratamento também.

Criopreservação de Embriões

Na maioria dos tratamentos de fertilização in vitro existe a produção de muitos embriões viáveis para implantação, nesses casos é utilizada a técnica de Criopreservação. O Conselho Federal de Medicina proíbe que todos os embriões formados no procedimento sejam transferidos ao útero, uma vez que a possibilidade de gestação de múltiplos embriões apresenta riscos, tanto à mãe quanto aos bebês.

Doação Compartilhada de Óvulos

Sabemos que algumas mulheres não respondem bem aos medicamentos utilizados para o estímulo da produção de óvulos. A perda ou dificuldade de gerar gametas pode ter diversas causas, como a endometriose, menopausa precoce, cirurgias anteriores ou até tratamentos oncológicos. Em alguns casos, as mulheres produzem óvulos, mas esses não são capazes de gerar um embrião saudável.

Barriga Solidária

Algumas vezes, ao tentar engravidar, a mulher tem dificuldade em manter a gestação por problemas uterinos, colocando a vida do bebê, e também a dela, em risco.  Nesses casos, é possível recorrer a uma barriga solidária, quando uma mulher, escolhida pela paciente, aceita gestar o embrião formado no laboratório, através da união do óvulo da paciente ao espermatozoide de seu companheiro.

Inseminação Intrauterina

A inseminação heteróloga difere da inseminação homóloga, apenas pela necessidade de utilizar uma amostra seminal proveniente do banco de sêmen e consiste em induzir a ovulação da mulher e controlá-la, através de exames de ultrassonografia, para que, nos dias mais férteis, o sêmen seja introduzido no útero, permitindo que a fertilização ocorra naturalmente.

Fragmentação do DNA Espermático

É comum que no processo de formação dos espermatozoides, nem todos possuam uma carga genética capaz de fecundar o óvulo ou formar um embrião. Mas quando a quantidade de espermatozoides com DNA fragmentado atinge mais do que um quarto de uma amostra, é preciso investigar a causa dessa fragmentação.

Ejaculação Retrógrada

Pacientes que não ejaculam, ou seja, não expelem líquido durante a ejaculação ou o expelem em pouca quantidade, podem apresentar o que chamamos de Ejaculação Retrógrada. Isso ocorre porque o líquido seminal, ao invés de ser expelido, vai para dentro da bexiga e acaba sendo eliminado com a urina.

Aspiração dos epidídimos para obtenção dos espermatozoides (PESA)

Os epidídimos são estruturas do aparelho reprodutor masculino que armazenam os espermatozoides, produzidos nos testículos para que terminem sua maturação, garantindo mobilidade.

Fertilização in vitro (FIV)

União do óvulo e espermatozoide fora do organismo da mulher, realizada artificialmente em laboratório.

A Fertilização in vitro (FIV), também conhecida como “bebê de proveta”, é uma técnica utilizada para unir os gametas femininos e masculinos simulando, no laboratório, o que aconteceria dentro do organismo da mulher.

Análise Genética Pré-Implantacional

A Análise Genética Pré-Implantacional é uma técnica capaz de visualizar o DNA do embrião em desenvolvimento, antes que seja feita a transferência ao útero. Dessa maneira, é possível saber quais são os embriões geneticamente normais e selecioná-los para transferência, aumentando as chances da implantação e do desenvolvimento.

Congelamento de Óvulos

O congelamento dos gametas permitiu significativos avanços em tratamentos para preservação da fertilidade. Através da estimulação dos ovários, realizada por medicações específicas e posterior coleta, é possível congelar os óvulos e mantê-los funcionais para que possam ser utilizados futuramente.

Banco de Sêmen

 A utilização do Banco de Sêmen é destinada aos casais em que o homem, muitas vezes, não apresenta a produção de espermatozoides e mulheres que desejam a produção independente ou que estão em um relacionamento homoafetivo. O sêmen do doador fica congelado, à disposição dos pacientes, em contêineres de nitrogênio líquido que mantém sua integridade e qualidade para ser utilizado quando necessário.

Espermograma com Processamento Seminal

O Espermograma é um exame muito importante, de simples coleta e execução, mas que apresenta respostas eficientes diante da dificuldade de engravidar. Ele consiste em avaliar no laboratório o líquido seminal, bem como o comportamento dos espermatozoides e identificar se há e qual é o problema de fertilidade apresentado pelo homem.

Congelamento de Sêmen

O Congelamento de Sêmen é um procedimento importante para a preservação e tratamento da fertilidade do homem. Pacientes com diagnóstico de câncer devem recorrer à técnica antes do início do tratamento oncológico, para que quando decida ter um filho, possa gerá-lo por meio de seu sêmen congelado.

Aspiração dos testículos para obtenção dos espermatozoides (TESA)

Técnica para obter coleta de Espermatozoides Diretamente nos Testículos (TESA). Esse procedimento ocorre sob sedação, sendo o material obtido, processado em laboratório, a fim de que os melhores espermatozoides sejam selecionados para que a Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) seja possível.

 Endometriose

Endometriose é a presença das glândulas que deveriam estar dentro do útero (endométrio) em outros locais, como o ovário, o peritônio (camada que reveste os órgãos pélvicos), o intestino e a bexiga.

Todos os direitos reservados © 2018. Criado por STUDIO LIEBE.